Senador tucano Aloysio Nunes será investigado pelo STF

Apuração será feita com base na delação premiada de Ricardo Pessoa, proprietário da construtora UTC. Ele disse à PGR que o tucano teria recebido R$ 300 mil de forma oficial e R$ 200 mil em dinheiro de caixa dois para sua campanha ao Senado,...

851 0

Apuração será feita com base na delação premiada de Ricardo Pessoa, proprietário da construtora UTC. Ele disse à PGR que o tucano teria recebido R$ 300 mil de forma oficial e R$ 200 mil em dinheiro de caixa dois para sua campanha ao Senado, em 2010

Por Redação*

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou, a pedido do Ministério Público, a abertura de inquérito contra o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), um dos maiores nomes da oposição e candidato à vice-presidência na chapa de Aécio durante as eleições de 2014.

A solicitação de investigação foi feita com base na delação premiada de Ricardo Pessoa, proprietário da construtora UTC. Ele disse à Procuradoria-Geral da República (PGR) que o tucano teria recebido R$ 300 mil de forma oficial e R$ 200 mil em dinheiro de caixa dois para sua campanha ao Senado, em 2010. Segundo o empresário, as doações eram pagamentos de propina para a obtenção de contratos com a Petrobras.

Nunes nega qualquer envolvimento com os esquemas de corrupção da estatal. “Podem investigar à vontade, pois nada tenho a ver com essa sujeira”, afirmou. Além dele, os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Edinho Silva (Comunicação Social) serão investigados pelo STF.

*Com informações do Estado de S. Paulo

(Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)



No artigo

x