Fábio Júnior estimula público a xingar Dilma em Nova Iorque

Durante apresentação no Brazilian Day, cantor xingou Lula e assistiu ao publico gritar "ei, Dilma, vai tomar no cu"

1712 0

Durante apresentação no Brazilian Day, cantor xingou Lula e assistiu ao publico gritar “ei, Dilma, vai tomar no cu”

Por Redação

Durante sua apresentação no Brazilian Day, em Nova Iorque, no último domingo (6), o cantor Fábio Júnior realizou protestos contra a corrupção no Brasil e incentivou o público a xingar a presidenta Dilma Rousseff.

“O que é que está escrito na nossa bandeira?”, questionou Fábio, enrolado em uma bandeira do país. “Ordem e progresso. Mas vocês sabem o que é que está acontecendo no Brasil, né? Desordem e roubalheira. É uma quadrilha”, completou. Em seguida, assumiu tom ufanista e disse ter “o maior orgulho” do país em que vive – nesse momento, foi interrompido pela plateia, que puxou o canto de “eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor”.

Foi quando o cantor fez suas afirmações mais incisivas. “Dilma, Lula, Zé Dirceu, PMDB, vocês não têm mais o que fazer, não, porra?”, vociferou. O público, então, começou a gritar: “Ei, Dilma, vai tomar no cu”. Fábio Júnior não acompanhou o coro, mas em sinal de aprovação, direcionou o microfone à plateia.

“Vocês sabem onde está aquele dedinho que o Lula perdeu, né? Onde é que ele enfiou, né? No nosso!”, finalizou. Assista:

(Foto: Reprodução)



No artigo

x