Eduardo Galeano explica como age a Standard&Poor’s, agência que rebaixou nota do Brasil

"Em cada crise que eles as agências de risco desatam, acabam aumentando suas fortunas, porque são recompensados por essas façanhas que consistem em arruinar o mundo", diz o falecido escritor uruguaio em vídeo que voltou a circular nas redes nesta quinta-feira (10)

2018 0

“Em cada crise que eles [as agências de risco] desatam, acabam aumentando suas fortunas, porque são recompensados por essas façanhas que consistem em arruinar o mundo”, diz o falecido escritor uruguaio em vídeo que voltou a circular nas redes nesta quinta-feira (10)

Por Redação

Voltou a circular pela rede nesta quinta-feira (10) um vídeo em que o falecido escritor uruguaio Eduardo Galeano explica como agem as agências de classificação de risco, sobretudo a Standard&Poor’s, que ontem (9) rebaixou a nota de crédito do Brasil.

Segundo Galeano, “em cada crise que eles [as agências] desatam, acabam aumentando suas fortunas, porque são recompensados por essas façanhas que consistem em arruinar o mundo”. Confira abaixo o vídeo, postado no Youtube em março de 2014:

(Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)



No artigo

x