Dilma diz que acompanhará STF em veto a doações empresariais a campanhas

Em jantar com a cúpula do PCdoB, presidenta afirmou que não pode contrariar o parecer do STF, que na semana passada considerou inconstitucional o financiamento eleitoral por meio de recursos empresariais Por Redação...

442 0

Em jantar com a cúpula do PCdoB, presidenta afirmou que não pode contrariar o parecer do STF, que na semana passada considerou inconstitucional o financiamento eleitoral por meio de recursos empresariais

Por Redação

Na última segunda-feira (21), a presidenta Dilma Rousseff afirmou, em jantar com a cúpula do PCdoB, que deve acompanhar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e vetar o item da reforma política que permite a doação de empresas a campanhas eleitorais. As informações são da Folha de S. Paulo.

No encontro, realizado no Palácio da Alvorada, Dilma disse que não pode contrariar o parecer da Corte, que na semana passada considerou inconstitucional o financiamento eleitoral por meio de recursos empresariais.

De acordo com relatos de pessoas presentes na reunião, a análise da petista foi feita em conversa telefônica com o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), grande defensor das doações de pessoas jurídicas a candidatos e partidos e um dos responsáveis pela medida ter sido aprovada pela Casa.

(Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)



No artigo

x