“Estava indo comprar bolinha de pingue-pongue”, diz amiga de menino assassinado em favela no RJ

Herinaldo Vinicius de Santana, de 11 anos, foi baleado na última quarta-feira (23) no Complexo do Caju. Moradores dizem que policiais da UPP são os autores do crime; cinco deles foram afastados ontem pela Coordenadoria...

842 0

Herinaldo Vinicius de Santana, de 11 anos, foi baleado na última quarta-feira (23) no Complexo do Caju. Moradores dizem que policiais da UPP são os autores do crime; cinco deles foram afastados ontem pela Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP)

Por Redação

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Herinaldo Vinicius de Santana, de 11 anos, morto após ser baleado no tórax na última quarta-feira (23) no Complexo do Caju (RJ), “estava indo comprar uma bolinha de pingue-pongue” quando foi atingido, segundo uma amiga relatou ao portal Extra. “Tinha 80 centavos no bolso. Os policiais [da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Caju] levaram um susto e atiraram contra ele. Não tinha bandido nenhum. Nessa hora, todos em volta se desesperaram. Quando viram que estava morto, as pessoas começaram a gritar. A última frase dele foi ‘Quero a minha mãe’. Mas, quando ela chegou, já estava morto”, afirmou a jovem.

Ainda de acordo com a menina, a mãe da vítima trabalha como empregada doméstica em uma casa na zona sul, área nobre do Rio de Janeiro, e está inconsolável. Henrinaldo chegou a ser levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Maré, mas não resistiu. A coordenação da UPA informou que ele chegou ao local por volta das 16h, após ser socorrido por moradores, e que “manobras de ressucitação foram realizadas” sem sucesso.

Ontem, depois do episódio, cinco policiais da UPP do Caju foram afastados de suas funções. A Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) comunicou que um Inquérito Policial Militar (IPM) foi instaurado para apurar as causas da morte de Henrinaldo. Durante o início da noite, moradores fizeram uma manifestação contra o assassinato da criança e bloquearam partes da Linha Vermelha e a Avenida Brasil, duas importantes vias da região. Eles contam que não havia nenhuma perseguição no momento em que o menino foi baleado e atribuem aos policiais a autoria do crime.

Rio de Janeiro de HorrorURGENTE!!!MAIS UMA CRIANÇA ASSASSINADA EM OPERAÇÃO POLICIAL NO RJ Via Maré DiárioO menino Herinaldo Vinícius da Santana, de 11 anos, foi baleado por um policial militar da UPP, hoje dia 23, por volta das 16:00, no Parque Alegria, na comunidade do Caju, a vítima chegou a ser levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila do João, mas faleceu em torno das 16:30.Segundo as informações, a criança brincava perto de casa com um amigo, quando o PM se assustou, ao sair de um beco, e efetuou o disparo.O Governo do Estado do Rio de Janeiro ainda não pronunciou sobre a caso até o momento.

Posted by Mídia Independente Coletiva – MIC on Quarta, 23 de setembro de 2015



No artigo

x