Imigrante senegalês socorre idosa em metrô no RS e caso viraliza na internet

Moussa vive há um ano e meio no Brasil e está empregado, atualmente, em uma fábrica de refrigerantes. Em seu país, foi enfermeiro durante quinze anos, mas não conseguiu ainda exercer a mesma função...

1357 0

Moussa vive há um ano e meio no Brasil e está empregado, atualmente, em uma fábrica de refrigerantes. Em seu país, foi enfermeiro durante quinze anos, mas não conseguiu ainda exercer a mesma função por aqui. Ulisses da Motta Costa, que divulgou a história pelo Facebook, pede ajuda para que Moussa volte a trabalhar com sua profissão de origem

Por Redação

Na última sexta-feira (25), o produtor e diretor de filmes Ulisses da Motta Costa divulgou, em seu perfil no Facebook, a história de Moussa, um imigrante senegalês que há cerca de um ano meio vive no Brasil e está empregado, atualmente, em uma fábrica de refrigerantes. Em seu país, ele trabalhou durante quinze anos como enfermeiro, mas não conseguiu ainda exercer a mesma função por aqui. No entanto, os conhecimentos que sua profissão lhe deu foram fundamentais para ajudar uma idosa que passou mal em um trem da Trensurb na estação Rio de Sinos, em São Leopoldo (RS).

No post, Costa conta como Moussa prestou os primeiros socorros à senhora, que segundo ele mesmo, teve uma forte crise de pressão alta dentro do vagão. “Enquanto alguns chamam os imigrantes de escória [referência à declaração do deputado federal Jair Bolsonaro], um imigrante acaba de salvar uma vida aqui no Trensurb”, escreveu o produtor e diretor. Ele ainda se ofereceu para auxiliar o senegalês a encontrar um emprego como enfermeiro – quem souber de alguma oportunidade, deve contatar Costa por meio do Facebook.

Confira abaixo o relato completo:

Essa é para quem tem medo de imigrantes e refugiados:Aconteceu por volta das 17:30, no Trensurb, altura da estação Rio…

Posted by Ulisses Da Motta Costa on Sexta, 25 de setembro de 2015



No artigo

x