Dono de grife diz que demitirá mulheres e só contratará gays “porque eles não engravidam”

Alberto Osório, proprietário da marca de roupas femininas Maria Filó, dirigiu o comentário a uma funcionária grávida de quase oito meses; grife diz que declaração foi feita na “intenção de descontrair” a visita do empresário...

1068 0

Alberto Osório, proprietário da marca de roupas femininas Maria Filó, dirigiu o comentário a uma funcionária grávida de quase oito meses; grife diz que declaração foi feita na “intenção de descontrair” a visita do empresário a uma das lojas da rede

Por Redação*

Na última semana, a marca de roupas femininas Maria Filó se envolveu em uma polêmica após seu proprietário, Alberto Osório, ter dirigido comentário machista a uma funcionária grávida. Em visita a uma das lojas da rede, no Rio de Janeiro, o empresário teria dito que em breve mandaria todas as mulheres embora e contrataria somente gays, “porque eles não engravidam”. O caso veio a público por meio de um post no Facebook, divulgado pelo companheiro da vendedora.

(Reprodução/Facebook)
(Reprodução/Facebook)

O episódio viralizou nas redes sociais e causou revolta entre os internautas – alguns chegaram a organizar um boicote à grife. Na fanpage da Maria Filó, é possível ler diversos comentários críticos à postura de Osório.

Por meio de nota, a marca se manifestou sobre o ocorrido. “Na intenção de descontrair sua visita e no tom brincalhão pelo qual é conhecido na empresa, nosso diretor Alberto Osório fez um comentário considerado inadequado”, informa o texto.

(Reprodução/Facebook)
(Reprodução/Facebook)

*Com informações da Exame 



No artigo

x