Exército diz que vai responsabilizar autores de vazamento de dados de jovem trans

Marianna Lively teve fotos suas divulgadas por servidores após resolver pendências relativas ao serviço militar em quartel de Osasco (SP) Por Redação...

782 0

Marianna Lively teve fotos suas divulgadas por servidores após resolver pendências relativas ao serviço militar em quartel de Osasco (SP)

Por Redação

Os autores do vazamento de fotos e documentos de Marianna Lively, jovem vítima de transfobia após entregar documentos relativos ao alistamento militar em um quartel de Osasco (SP), serão responsabilizados, segundo o Exército Brasileiro.

Mariana teve imagens suas e de seus documentos pessoais divulgadas por um dos servidores do local, e, por conta disso, recebeu inúmeras ofensas na internet, além de ligações telefônicas em sua residência, a procurando por seu nome de batismo.

De acordo com a nota do Exército, que não divulga o nome dos responsáveis, a instituição “não discrimina qualquer pessoa, em razão de raça, credo, orientação sexual ou outro parâmetro”. A nota afirma ainda que o Exército “não compactua com este tipo de procedimento e empenha-se, rigorosamente, para que eventuais desvios de conduta sejam corrigidos, dentro dos limites da lei”.



No artigo

x