Mulher causa revolta em shopping de Salvador ao ofender funcionários negros: “macacos”

Uma multidão se aglomerou no estabelecimento e mostrou indignação com as atitudes preconceituosas da cliente, que chamou um segurança de macaco e disse a um vendedor que ele deveria ser demitido para virar “motorista...

783 0

Uma multidão se aglomerou no estabelecimento e mostrou indignação com as atitudes preconceituosas da cliente, que chamou um segurança de macaco e disse a um vendedor que ele deveria ser demitido para virar “motorista de traficante”; as vítimas já informaram que irão processar a agressora. Assista ao vídeo

Por Redação

Na noite de terça-feira (29), uma mulher se escondeu em uma loja no Shopping Barra, em Salvador, e só saiu de lá com a chegada da Polícia Militar depois de ter causado revolta entre as pessoas do local ao ofender dois funcionários com injúrias racistas.

Tudo começou quando ela procurava por um micro-ondas e foi atendida por um vendedor negro. Ao ser informada que não havia o modelo que queria, a cliente passou a agredir o funcionário com xingamentos, dizendo que ele deveria ser demitido para virar “motorista de traficante”.

Quando percebeu a confusão, um segurança se aproximou e também foi insultado pela mulher, que o chamou de macaco e chegou a imitar o animal emitindo sons. Uma multidão se aglomerou no estabelecimento e mostrou indignação com as atitudes preconceituosas.

Após uma hora de negociação, ela foi conduzida até a viatura policial e levada para a Central de Flagrantes. As vítimas já informaram que irão processar a agressora, que é policial militar e está afastada da corporação por problemas médicos.

Assista ao vídeo:

 

Foto de capa: Reprodução



No artigo

x