Alexandre Padilha é hostilizado mais uma vez em restaurante de São Paulo

Atual titular da secretaria municipal de Saúde de São Paulo, ex-ministro foi agredido verbalmente por grupo que estava em um estabelecimento da zona oeste da capital paulista. Confira o vídeo Por Redação...

759 0

Atual titular da secretaria municipal de Saúde de São Paulo, ex-ministro foi agredido verbalmente por grupo que estava em um estabelecimento da zona oeste da capital paulista. Confira o vídeo

Por Redação

O ex-ministro e atual titular da secretaria de Saúde do município de São Paulo Alexandre Padilha foi agredido verbalmente mais uma vez em um restaurante da cidade. Episódio semelhante já havia acontecido em maio deste ano.

O episódio ocorreu no Aldeia, na zona oeste da capital paulista, na tarde desta sexta-feira (2). Um vídeo mostra Padilha sendo xingado de “ladrão”, entre outras ofensas por um grupo bastante exaltado que está em uma mesa. O secretário ainda tenta estabelecer algum diálogo, mas não consegue.

Antônio Siqueira, sócio do estabelecimento, disse à Agência Estado ter achado a atitude uma “falta de respeito”.  “Eu pedi desculpas a ele e o agradeci porque ele foi muito calmo, agiu muito bem diante dessa situação”, contou, afirmando ainda que Padilha, assim como outros políticos, frequentam o local, mas nunca houve cena semelhante.

Por meio de nota, Padilha disse que “repudia toda e qualquer manifestação de ódio e intolerância”. Confira abaixo a íntegra da nota da secretaria:

O secretário municipal da Saúde, Alexandre Padilha, repudia toda e qualquer manifestação de ódio e intolerância. Posturas como estas apresentadas no vídeo, de pessoas que querem expulsar do convívio social quem pensa e age diferente delas, só me animam a continuar o trabalho a favor de quem mais precisa e a defender programas como o Mais Médicos, que beneficia mais de 70 milhões de brasileiros. No sábado, ele esteve no Itaim Paulista para visitar obras de novas unidades e debater a presença de médicos e a recepção foi totalmente contrária da registrado no vídeo.

Informamos ainda que no momento da agressão o secretário havia parado para almoçar ao lado do Complexo Regulador da Saúde Municipal, onde está em reunião desde às 14h, depois de ter cumprido quatro agendas externas no período da manhã, das 07h às 13h – visita ao Centro de Distribuição de Medicamentos da Secretaria, inauguração da UBS São Remo e visita às obras da UBS Vila Sônia II e UBS/AMA Vila Sônia.”

Foto de capa: Reprodução



No artigo

x