Equipe campeã de debates de Harvard perde para time de presidiários de Nova York

Detentos defenderam o direito de escolas públicas de recusar alunos que fossem filhos de imigrantes sem documentação, posição da qual discordavam Do Opera Mundi Apenas alguns meses depois de ganhar título...

1053 0

Detentos defenderam o direito de escolas públicas de recusar alunos que fossem filhos de imigrantes sem documentação, posição da qual discordavam

Do Opera Mundi

Apenas alguns meses depois de ganhar título nacional nos EUA, a melhor equipe de debates de Harvard perdeu em um amistoso para um time de detentos de uma prisão de segurança máxima em Nova York, reportou a Associated Press na última quarta-feira (07/10).

No debate realizado no último sábado (03/10), os presidiários tinham que defender o direito de escolas públicas de recusarem alunos filhos de imigrantes sem documentação nos EUA — uma posição a qual se opunham. Eles ofereceram argumentos que os universitários ainda não haviam considerado e foram escolhidos os vencedores por uma bancada de jurados que acompanhou as discussões.

Os detentos, que podem fazer cursos da Universidade Bard, formaram o grupo há apenas dois anos, mas já venceram a equipe da Academia Militar Americana de West Point e a da Universidade de Vermont.

“Dos estudantes dentro da prisão é cobrado o mesmo padrão, nível de rigor e expectativas que são cobrados dos estudantes no campus da Bard”, disse à AP o diretor-executivo da iniciativa que oferece os cursos aos detentos, Max Kenner.

Aproximadamente 15% de todos os detentos homens do Eastern Correctional Facility estão inscritos em algum curso. Aqueles que se formam, quando deixam o presídio, levam seus estudos para serem continuados em outras universidades de ponta, como Yale e Columbia.

“Existem poucas equipes para as quais nós temos mais orgulho de termos perdido do que para a inteligente e articulada equipe que enfrentamos neste fim de semana”, escreveu o time de Harvard na sua página no Facebook.

(Foto: Reprodução/ Facebook Bard College)



No artigo

x