Após foto comprometedora, PM pode ser expulso da corporação

O policial, que atua no 41º BPM (Irajá), no Rio de Janeiro, aparece na imagem apalpando o corpo de uma jovem, supostamente durante uma blitz. A permanência dele na corporação será avaliada com a instauração de um processo disciplinar.

1305 0

O policial, que atua no 41º BPM (Irajá), no Rio de Janeiro, aparece na imagem apalpando o corpo de uma jovem, supostamente durante uma blitz. A permanência dele na corporação será avaliada com a instauração de um processo disciplinar

Por Redação

policial_com_mulherUm policial militar do 41º BPM (Irajá), no Rio de Janeiro, pode ser expulso após a divulgação de uma foto nas redes sociais em que aparece apalpando o corpo de uma jovem, supostamente durante uma blitz. O cabo foi preso administrativamente na unidade onde é lotado, mas foi solto na manhã de domingo (1).

Segundo a assessoria de imprensa da PM, a permanência dele na corporação será avaliada com a instauração de um processo disciplinar. Outros policiais que trabalham com o cabo também estão sendo chamados para prestar esclarecimentos.

Foto de capa: Reprodução



No artigo

x