Anúncio no Mercado Livre “vende” menino negro como filhote de macaco

A publicação racista já foi retirada do ar, mas os dados cadastrais e de acesso do usuário serão enviados à polícia para investigação.

1179 0

A publicação racista já foi retirada do ar, mas os dados cadastrais e de acesso do usuário serão enviados à polícia para investigação

Por Redação

Um anúncio no site de vendas Mercado Livre chamou a atenção pelo teor racista na última sexta-feira (6). A publicação dizia que um “filhote de macaco vindo da África” estava sendo vendido por R$ 1,50. Na foto, a imagem de uma criança negra. De acordo com informações fornecidas pela assessoria de imprensa responsável pela página, a postagem foi feita durante a madrugada, mas foi denunciada e retirada do ar por volta das 7 horas, no mesmo dia.

Mesmo apagando a propaganda, os dados cadastrais e de acesso do “anunciante” foram preservados e serão entregues à polícia para investigação, segundo explicou a empresa. O caso começou a circular nas redes sociais depois que um jornalista, indignado com o tom discriminatório, compartilhou o anúncio. Ele classificou a situação como um “absurdo” e disse que encaminharia as informações ao Ministério da Justiça.

Foto de capa: Reprodução



No artigo

x