Mariana: Dilma vai colocar custos da tragédia na conta da Samarco

A presidenta, que deve visitar a cidade nesta quinta-feira (12), teria dito a aliados que não é papel do governo federal assumir as despesas de uma tragédia causada por empresas privadas

1026 0

A presidenta, que deve visitar a cidade nesta quinta-feira (12), teria dito a aliados que não é papel do governo federal assumir as despesas de uma tragédia causada por empresas privadas 

Por Redação 

A presidenta Dilma Rousseff garantiu a aliados, nesta quarta-feira (11), que a mineradora Samarco – e suas controladoras, a Vale e a BHP – terão de arcar com todas as despesas decorrentes da tragédia ocorrida em Mariana (MG), na semana passada. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com a reportagem, Dilma designou ao ministro Jaques Wagner (Casa Civil) a função de cobrar das empresas os custos causados pelo rompimento de duas barragens que culminou na destruição de centenas de casas e edifícios da cidade mineira. Ela teria dito, a aliados, que não é papel do governo federal assumir as despesas de uma tragédia causada por empresas privadas.

O ‘tsunami’ de lama que invadiu Mariana deixou, até o momento, cerca de 630 pessoas desabrigadas. Vinte e uma pessoas permanecem desaparecidas e outras 5 já tiveram o óbito confirmado.

Foto: Brasil de Fato

 



No artigo

x