Veja o flagrante do ataque de policiais à Marcha das Mulheres Negras

Os dois homens estavam em um acampamento que reivindica a volta dos militares ao comando do país e efetuaram disparos na chegada dos ativistas da Marcha à Esplanada dos Ministérios; confira as últimas informações sobre o caso.

1116 0

Os dois homens estavam em um acampamento que reivindica a volta dos militares ao comando do país e efetuaram disparos na chegada dos ativistas da Marcha à Esplanada dos Ministérios, em Brasília; confira as últimas informações sobre o caso

Por Redação

Um tumulto tomou conta da Esplanada dos Ministérios na tarde desta quarta-feira (18), em Brasília. Ativistas da Marcha das Mulheres Negras chegavam ao local quando foram recebidos a tiros por policiais que estavam acampados em frente ao Congresso Nacional junto a outros manifestantes para pedir a volta dos militares ao poder.

De acordo com informações da Polícia Civil do Distrito Federal, a que Fórum teve acesso, um dos detidos é integrante da Polícia Civil do Maranhão e foi atuado em flagrante por disparo de arma de fogo. Por ser um crime afiançável, ficou estabelecido o pagamento no valor de 790 reais. A arma foi apreendida e o fato será relatado à corregedoria para investigação.

O outro homem envolvido no ataque à Marcha é policial civil do DF e também foi conduzido à corregedoria da corporação. Nenhum deles teve o nome divulgado. Os disparos foram feitos para o alto em pontos diferentes da Esplanada. A mobilização das mulheres reuniu 10 mil participantes e teve por objetivo chamar a atenção para o combate à discriminação e para a necessidade de investimentos em políticas de promoção da igualdade racial.

Confira abaixo o  momento dos disparos.

_MG_5580edit
(Foto: Adriano C. Batista)
_MG_5574edit
(Foto: Adriano C. Batista)
_MG_5575edit
(Foto: Adriano C. Batista)
_MG_5577edit
(Foto: Adriano C. Batista)
_MG_5582edit
(Foto: Adriano C. Batista)
_MG_5614edit
(Foto: Adriano C. Batista)
_MG_5609edit
(Foto: Adriano C. Batista)



No artigo

x