Após críticas à redução de velocidade, mortes no trânsito caem 50% na capital paulista

Embora duramente atacado por seus opositores, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), apostou na redução da velocidade nas vias principais como forma de melhorar o fluxo e prevenir acidentes. De acordo com dados divulgados hoje (22) pela Secretaria de Segurança Pública (SSP),...

836 0

Embora duramente atacado por seus opositores, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), apostou na redução da velocidade nas vias principais como forma de melhorar o fluxo e prevenir acidentes. De acordo com dados divulgados hoje (22) pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), o número de óbitos caiu pela metade em setembro deste ano, comparados com o mês de 2014

Por Redação

De acordo com dados divulgados neste domingo (22) pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), os acidentes de trânsito com mortes caíram 50% na cidade de São Paulo em setembro deste ano, comparados com o mês em 2014. Foram 23 casos registrados, contra 46 no mesmo período do ano passado.

Em relação aos homicídios culposos (sem intenção de matar) ocorridos nas vias paulistanas, a queda foi de 44,74% no mês de setembro, passando de 38 para 21 boletins de ocorrência registrados. Já os homicídios dolosos (quando o motorista assume o risco) reduziram 75%, de oito para dois casos.

De janeiro a setembro, a quantidade de acidentes com mortes recuou 26,9% na capital paulista. Foram 307 neste ano contra 420 no mesmo período de 2014. Embora duramente criticado por seus opositores, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), apostou na redução da velocidade nas principais vias da cidade como forma de melhorar o fluxo e prevenir acidentes. A iniciativa faz parte do Plano de Proteção à Vida, iniciado pela prefeitura em 2013.

Foto de capa: Cesar Ogata

 



No artigo

x