Depois de espancar a filha, prefeito é elogiado na internet

Amauri Ribeiro (PRP) disse que deu um “corretivo” na menina de 16 anos em nome da "moral e zelo pela família", após encontrar fotos íntimas no celular da jovem. Em vez de ser criticado pela violência, o político recebeu uma enxurrada de elogios nas...

2453 0

Amauri Ribeiro (PRP) disse que deu um “corretivo” na menina de 16 anos em nome da “moral e zelo pela família”, após encontrar fotos íntimas no celular da jovem. Em vez de ser criticado pela violência, o político recebeu uma enxurrada de elogios nas redes sociais em apoio à atitude

Por Redação

O prefeito de Piracanjuba (GO), Amauri Ribeiro (PRP), admitiu ter sido o responsável pelos hematomas que aparecem no corpo da filha em imagens publicadas nas redes sociais. Em um vídeo divulgado após a repercussão do caso, ele afirmou que deu um “corretivo” na menina de 16 anos depois de encontrar fotos íntimas no celular dela. “Qualquer pai que tenha amor pela moral e zelo pela sua família teria se desesperado ao ver o que eu vi”, tentou justificar.

Apesar das marcas nítidas de violência, muitas pessoas ficaram ao lado do prefeito e defenderam o motivo das agressões. “Antigamente a educação era assim e ninguém morria por isso”, escreveu uma internauta. “Agora ela tinha que levar outra surra por ter denunciado o pai que quer ver o bem dela”, disse outra. “Nesse caso ele tem todo o direito de educar”, opinou um terceiro.

O Conselho Tutelar fez uma denúncia formal ao Ministério Público de Goiás (MP-GO). O promotor da Infância e da Juventude de Piracanjuba, Keller Divino Adorno, informou que já ouviu a adolescente. A jovem explicou que apanhou de cinto, fez as fotos e repassou à avó materna que, por meio de um parente, publicou no Facebook.

Esse não é o primeiro caso de descontrole envolvendo Amauri. No início deste mês, ele discutiu e quase agrediu o vereador Reinaldo Celestino (PSC), que tem deficiência física, em uma sessão na Câmara Municipal. A briga começou depois que a base do prefeito foi criticada na Casa durante discussão sobre o projeto de lei que pretende diminuir o número de vereadores da cidade.

Veja alguns comentários sobre o episódio de agressão à adolescente:

prefeito2

prefeito3

 



No artigo

x