Carnaval de rua em SP e fechamento da avenida Paulista são ‘coisas irritantes’, diz Serra

Para o senador tucano - que deu a declaração em um jantar de apoio à candidatura do vereador Andrea Matarazzo (PSDB) à prefeitura da capital - o prefeito Fernando Haddad "enfia pela goela dos bairros que não têm nada com isso" essas políticas; em...

1428 0

Para o senador tucano – que deu a declaração em um jantar de apoio à candidatura do vereador Andrea Matarazzo (PSDB) à prefeitura da capital – o prefeito Fernando Haddad “enfia pela goela dos bairros que não têm nada com isso” essas políticas; em 2016, carnaval de rua em São Paulo reuniu 1,5 milhão de pessoas

Por Redação

O senador e ex-prefeito de São Paulo, José Serra (PSDB), criticou, na noite desta quinta-feira (15), políticas da gestão Fernando Haddad (PT) como o fechamento da avenida Paulista para carros aos domingos e o carnaval de rua.

“Essas coisas que são irritantes, como o fechamento da Paulista, e o carnaval, que é enfiado pela goela dos bairros que não têm nada com isso. São mais para despertar uma polêmica e dar a impressão que tem um governo na cidade”, afirmou em um jantar de apoio à candidatura do vereador Andrea Matarazzo (PSDB) à prefeitura da capital. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Essa não é a primeira vez que o senador critica o fechamento da avenida Paulista para carros. Em novembro do ano passado, foi ridicularizado nas redes sociais ao fazer uma postagem em que usava a foto de um dia de chuva, com a pista naturalmente vazia, para questionar a utilidade da medida. O abertura da avenida para pedestres e veículos não motorizados havia sido aprovada pouco antes por meio de consultas públicas e audiências.

Com relação ao carnaval de rua, essa é a primeira vez que Serra tece críticas. O evento atingiu, este ano, a maior marca da história do município ao reunir 1,5 milhão e meio de pessoas.

Foto: George Gianni/PSDB

 

 

 

 

 

 



No artigo

x