Governo faz acordo e Senado aprova projeto que tira da Petrobras a operação única do pré-sal

Partidos de esquerda como o PT, PCdoB, Rede, PDT e PSB, além do PTB e do PRB, encaminharam votação contra substitutivo apresentado após negociações com ministros de Dilma Da Redação...

2334 1

Partidos de esquerda como o PT, PCdoB, Rede, PDT e PSB, além do PTB e do PRB, encaminharam votação contra substitutivo apresentado após negociações com ministros de Dilma

Da Redação

Sem o apoio do partido da presidenta Dilma Rousseff (PT), o Senado aprovou nesta quarta-feira um substitutivo que tira da Petrobras a operação única do pré-sal. O texto final foi negociado com os ministros Ricardo Berzoini (Secretaria Geral) e Jaques Wagner (Casa Civil) e apresentado na forma de substitutivo pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR).

“Fomos derrotados por uma aliança entre o governo e o PSDB”, criticou o senador Lindbergh Farias (PT-RJ). Ele garantiu que a mobilização contra a proposta vai continuar durante a tramitação da proposta na Câmara e pelo veto presidencial. Recém-empossado líder do governo, o senador Humberto Costa (PT-PE) se absteve. “Não podia votar contra o governo nem virar às costas para minha bancada”, justificou.

O resultado foi 40 votos pelo substitutivo apresentado pelo governo e 26 votos contrários. A proposta segue para a análise da Câmara dos Deputados antes de ser sancionada ou vetada pela presidenta Dilma. O projeto original é de autoria do senador José Serra (PSDB-SP).

Além dos riscos políticos e econômicos de facilitar a operação do pré-sal por empresas estrangeiras, destacados pela maioria dos senadores contrários ao projeto, chamou a atenção a argumentação do senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP).

Ele afirmou que a Petrobras é a única empresa com tecnologia comprovada para extração de petróleo na camada e alertou para os riscos ambientais de permitir a operação sem a estatal brasileira, assim como a dificuldade de responsabilizar, inclusive criminalmente, as multinacionais em casos de desastres.



No artigo

1 comment

  1. Rogerio Responder

    estão loteando áreas de preservação e territórios indígenas para hidrelétricas e empresas de infraestrutura chinesas e me vem falar de proteção contra empresas estrangeiras. Façam-me o favor !


x