Acusado de estuprar ex-noiva, ex-deputado paranaense é preso em SC

Atualmente suplente de deputado federal, Osmar Stuart Bertoldi (DEM) tinha contra si um mandado de prisão preventiva pelos crimes de estupro, lesão corporal dolosa, constrangimento ilegal, ameaça e redução a condição análoga à de...

1374 0

Atualmente suplente de deputado federal, Osmar Stuart Bertoldi (DEM) tinha contra si um mandado de prisão preventiva pelos crimes de estupro, lesão corporal dolosa, constrangimento ilegal, ameaça e redução a condição análoga à de escravo

Da Redação

Alívio foi a expressão usada por Tatiane Bittencourt para expressar a sua sensação ao saber da prisão do ex-deputado estadual paranaense Osmar Stuart Bertoldi. Ela acusa o político, de quem foi noiva, de estupro, lesão corporal dolosa, constrangimento ilegal, ameaça e redução a condição análoga à de escravo. Atualmente, Bertoldi é suplente de deputado federal.

O político estava foragido desde dezembro do ano passado. Ele foi preso em Balneário Camboriú, no litoral de Santa Catarina, onde, segundo relatos, vivia tranquilamente como turista. A defesa do ex-parlamentar classificou as acusações contra ele de “estapafúrdias” e acusa a vítima de tentar “extorquí-lo”.

Bertoldi era diretor da Cohapar (Companhia Habitacional do Paraná) até o caso vir a público, quando foi exonerado. Ele faz parte da coligação que elegeu o governador Beto Richa, e chegou a assumir o mandato de deputado federal na época em que Fernando Francischini (SD) foi secretário de Segurança Pública.

Com informações do G1



No artigo

x