“Não somos descontroladas”, diz Dilma a mulheres em ato no Palácio do Planalto

“Estive três anos presa e sempre mantive o controle, o eixo e principalmente a esperança”, afirmou a presidenta sobre a matéria da IstoÉ em que ela foi retratada como uma pessoa desequilibrada.

1582 0

“Estive três anos presa e sempre mantive o controle, o eixo e principalmente a esperança”, afirmou a presidenta sobre a matéria da IstoÉ em que ela foi retratada como uma pessoa desequilibrada

Por Redação

Centenas de participantes estiveram hoje (7) no Encontro das Mulheres pela Democracia, realizado no Palácio do Planalto. Em seu discurso, a presidenta Dilma Rousseff comentou sobre a tentativa de golpe em curso no país e criticou a revista IstoÉ, que trouxe uma reportagem de capa em que ela era retratada como uma mulher desequilibrada.

Dilma afirmou que o veículo incita o ódio e a violência e, nessa matéria, agiu de forma misógina. “Querem dizer que mulheres sob pressão ficam descontroladas. Isso é um tipo de tratamento que constitui machismo extremamente banal. Não aceito isso. Nenhuma mulher aceita. Estive três anos presa legalmente e sempre mantive o controle, o eixo e principalmente a esperança”, ressaltou.

Ela também defendeu a legalidade de seu mandato, condenou os vazamentos seletivos por parte da imprensa e disse que a situação será apurada pelo Ministério da Justiça para punição dos responsáveis. No encontro, a presidenta recebeu a solidariedade de representantes de entidades feministas, em meio a gritos de ‘Dilma fica, Cunha sai’, e enumerou os avanços do governo em busca de igualdade de gênero nos últimos anos.

Foto de capa: Roberto Stuckert Filho/PR



No artigo

x