PP deve deixar base do governo e declarar apoio ao projeto de impeachment ainda hoje

De acordo com informações dadas à Fórum, a bancada do partido na Câmara dos Deputados – liderada por Aguinaldo Ribeiro (PB) – se reunirá na tarde desta terça-feira (12) para discutir a retirada de...

1264 0

De acordo com informações dadas à Fórum, a bancada do partido na Câmara dos Deputados – liderada por Aguinaldo Ribeiro (PB) – se reunirá na tarde desta terça-feira (12) para discutir a retirada de apoio ao governo, contra a vontade do presidente do partido, o senador Ciro Nogueira (PI), que tentou cancelar a reunião

Por Ivan Longo

A bancada do Partido Progressista (PP) na Câmara dos Deputados, sob a liderança de Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), se reunirá na tarde desta terça-feira (12) para discutir a sua saída da base do governo petista. De acordo com a assessoria de imprensa da liderança da legenda, a maior parte dos deputados do PP quer retirar o apoio ao governo para abraçar o projeto de impeachment em tramitação na Casa.

O partido de Paulo Maluf conta, atualmente, com 47 deputados federais e tem a quarta maior bancada da Câmara – o que pode interferir diretamente no resultado da votação do processo de impeachment no Plenário.

A reunião dos deputados acontece, no entanto, contra a vontade do presidente da sigla, o senador Ciro Nogueira (PI). À Fórum, a asessoria de imprensa do parlamentar disse que Nogueira tentou convencer alguns deputados a cancelar a reunião pois, à princípio, seu desejo é de continuar na base do governo Dilma.

O senador será comunicado sobre a decisão dos deputados após a reunião e, só então, se manifestará sobre o assunto.

 



No artigo

x