Planalto fala em mais de 200 votos contra o impeachment

Número seria o suficiente para derrotar o processo que está em tramitação na Câmara dos Deputados; novo cálculo foi feito após reunião da presidenta Dilma com lideranças das bancadas do PMDB, PR, PSD, PDT,...

2321 0

Número seria o suficiente para derrotar o processo que está em tramitação na Câmara dos Deputados; novo cálculo foi feito após reunião da presidenta Dilma com lideranças das bancadas do PMDB, PR, PSD, PDT, PTB, PROS, PHS, PTN, PT, PCdoB, PSOL, Rede, PSB e PTdoB

Por Redação

A presidenta Dilma Rousseff se reuniu, no final da tarde desta quarta-feira (13), com lideranças das bancadas de inúmeros partidos com o intuito de traçar um balanço de como será a votação do processo de impeachment no plenário, prevista para acontecer no próximo domingo (17).

Participaram da reunião parlamentares do PMDB, PR, PSD, PDT, PTB, PROS, PHS, PTN, PT, PCdoB, PSOL, Rede, PSB e PTdoB e, após o encontro, o Planalto calculou que deve contar com aproximadamente 205 votos contra o impeachment, o que garantiria a derrota do processo.

Pelo Facebook, deputados petistas se manifestaram.

“Teremos votos nas bancadas do PMDB, PR, PSD, PDT, PTB, PROS, PHS, PTN, PT, PCdoB, PSOL, Rede, PSB e PTdoB. Teremos cerca de 205 votos”, afirmou Paulo Teixeira (PT-SP).

“A presidenta, Dilma Rousseff, recebeu o apoio de líderes partidários e deputados de diferentes partidos na tarde desta terça-feira (13) no Palácio do Planalto, todos dispostos a barrar o golpe que se pretende contra a democracia brasileira. Estiveram no encontro representantes do PT, PMDB, PR, PSD, PP, PDT, PCdoB, PROS, PEN, PHS e PTdoB. Nos cálculos do Planalto, já são mais de 200 votos favoráveis à presidenta”, escreveu José Guimarães (PT-CE).

 



No artigo

x