Renan marca para segunda-feira (25) eleição da comissão do impeachment

Na distribuição das cadeiras pelos blocos, o PMDB ficará com 5 vagas, o Bloco da Oposição e o Bloco de Apoio ao Governo com 4 cada um e os Blocos Socialismo e Democracia, Moderador e Democracia Progressista terão direito a 2 vagas cada...

486 0

Na distribuição das cadeiras pelos blocos, o PMDB ficará com 5 vagas, o Bloco da Oposição e o Bloco de Apoio ao Governo com 4 cada um e os Blocos Socialismo e Democracia, Moderador e Democracia Progressista terão direito a 2 vagas cada um

Por Agência Senado

O presidente do Senado, Renan Calheiros, marcou para segunda-feira (25) a sessão de eleição da comissão especial que vai analisar o processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff. Renan tomou a decisão por sugestão do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Renan anunciou que a distribuição das vagas pelos blocos ficou assim: PMDB – 5; Bloco da Oposição – 4; Bloco de Apoio ao Governo – 4; Bloco Socialismo e Democracia, Moderador e Democracia Progressista – 2 vagas cada um.

O Bloco da Oposição já indicou os senadores Aloysio Nunes Ferreira, Antonio Anastasia, Cássio Cunha Lima, todos do PSDB, e Ronaldo Caiado, do DEM. Os suplentes indicados pelo Bloco da Oposição são: Paulo Bauer, Ricardo Ferraço e Tasso Jereissati, todos do PSDB, e Davi Alcolumbre, do DEM.

O Bloco Moderador indicou os senadores Wellington Fagundes (PR) e Zezé Perrella (PTB) como titulares e Eduardo Amorim (PSC) e Magno Malta (PR) como suplentes.

Foto de capa: Waldemir Barreto/Agência Senado



No artigo

x