Empreiteiro preso pela Lava Jato delata propina a Temer por meio de terceiros

De acordo com a Época, José Antunes Sobrinho, dono da Engevix, disse em delação premiada que pagou propina a operadores que “falavam em nome do vice-presidente da República”; Renan Calheiros (PMDB) também teria sido...

2669 0

De acordo com a Época, José Antunes Sobrinho, dono da Engevix, disse em delação premiada que pagou propina a operadores que “falavam em nome do vice-presidente da República”; Renan Calheiros (PMDB) também teria sido delatado

Por Redação

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), teria, de acordo com José Antunes Sobrinho, recebido propina de empreiteira por meio de intermediários. As informações são da revista Época.

Segundo a publicação – que alegou ter tido acesso a uma proposta de delação do empreiteiro a procuradores da Lava Jato -, Sobrinho disse ter pago propina a operadores que “falavam em nome do vice-presidente da República, Michel Temer”.

O empreiteiro está preso desde setembro do ano passado por corrupção e lavagem de dinheiro.

No acordo de delação premiada, Sobrinho teria ainda citado pagamento de propina outro peemedebista, o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL), além de doações supostamente ilegais a campanhas do PT.



No artigo

x