Para o mundo ver: Tocha Olímpica é recebida, em Brasília, com protestos contra o golpe

Com cartazes em árabe, russo, italiano, alemão, espanhol e inglês, manifestantes aproveitaram a visibilidade do evento para denunciar ao mundo o golpe em curso no Brasil com a tentativa de afastamento da presidenta Dilma...

1636 0

Com cartazes em árabe, russo, italiano, alemão, espanhol e inglês, manifestantes aproveitaram a visibilidade do evento para denunciar ao mundo o golpe em curso no Brasil com a tentativa de afastamento da presidenta Dilma Rousseff

Por Redação

A cerimônia de chegada da Tocha Olímpica na manhã desta terça-feira (3) em Brasília foi marcada por protestos contra o golpe em curso no Brasil com a tentativa de afastamento da presidenta Dilma Rousseff. Manifestantes também protestaram contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Foto: Lula Marques/Agência PT
Foto: Lula Marques/Agência PT

Pouco antes e também durante a fala da presidenta, foram erguidos cartazes de “Não ao golpe no Brasil” em diversos idiomas, entre eles árabe, russo, italiano, alemão, espanhol e inglês. A ideia dos manifestantes era aproveitar a visibilidade do evento e a cobertura da imprensa mundial para passar a mensagem.

“USA, take your dirty hands out of Brazil”, dizia uma das placas. Em português, “Estados Unidos, tire suas mãos sujas do Brasil”.

O discurso da presidenta Dilma Rousseff se deu ao longo da passagem da tocha no Palácio do Planalto. Em sua fala, destacou a importância e a simbologia que está inserida no revezamento da Tocha Olímpica pelas cidades brasileiras

“Imaginem a emoção que sentirá uma criança lá em Barreirinhas, no Maranhão; um quilombola em União dos Palmares, nas Alagoas; um gaúcho em São Miguel das Missões, no Rio Grande do Sul; uma jovem estudante universitária de Paraisópolis, em São Paulo; um pescador de Itaporã, no Mato Grosso do Sul. Serão centenas de lugares e milhões de brasileiros irmanados no compromisso de escrever uma página gloriosa na história dos Jogos Olímpicos”, afirmou.

Foto: Lula Marques/Agência PT

 

 

 



No artigo

x