Mantega é alvo de condução coercitiva em nova fase da operação Zelotes

Ex-ministro da Fazenda prestou depoimento em São Paulo na manhã desta segunda-feira (9) sobre a relação com a Cimento Penha, firma do empresário Victor Garcia Sandri, acusada de manipular julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf).

747 0

Ex-ministro da Fazenda prestou depoimento em São Paulo na manhã desta segunda-feira (9) sobre a  relação com a Cimento Penha, firma do empresário Victor Garcia Sandri, acusada de manipular julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf)

Por Redação

O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega foi alvo de mandado de condução coercitiva da Polícia Federal na manhã desta segunda-feira (9), como parte de uma nova fase da operação Zelotes, que apura suspeitas de manipulação de julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf).

Ele prestou depoimento em São Paulo sobre a relação com a Cimento Penha, firma do empresário Victor Garcia Sandri, amigo do ex-ministro, que está sendo investigada pela operação. A companhia é acusada de comprar decisões – por meio de Medidas Provisórias – do Carf, responsável por julgar recursos de multas de grandes contribuintes.

A PF deve cumprir ainda cerca de 30 mandados, de busca e apreensão e de condução coercitiva, no Distrito Federal e nos estados de Pernambuco e São Paulo.

Foto de capa: Agência Brasil



No artigo

x