Manifestante grita “não tem arrego” e é preso por desacato em SP

Ativista foi levado por policiais quando participava de um ato contrário a Michel Temer e à extinção do Ministério da Cultura ontem (17) na Funarte; assista ao vídeo.

1430 0

Ativista foi levado por policiais quando participava de um ato contrário a Michel Temer e à extinção do Ministério da Cultura ontem (17) na Funarte; assista ao vídeo

Por Redação*

Um grupo de manifestantes promoveu um ato contrário ao governo do presidente em exercício, Michel Temer, ontem (17) no Complexo Cultural Funarte, na região central de São Paulo. O protesto terminou com a prisão do ativista Kalam Azad Sattur. Ele teria gritado a frase “Não tem arrego” em direção a um policial e, por isso, foi levado à delegacia por desacato.

A manifestação condenou a extinção do Ministério da Cultura. Mais de cem pessoas marcharam na Avenida Paulista e percorreram ruas como a Consolação e Amaral Gurgel, até chegarem na sede da Funarte. Elas levavam faixas pedindo a saída de Temer e denunciando o golpe que culminou no afastamento da presidenta eleita Dilma Rousseff.

Veja abaixo o momento da prisão de Kalam.

*Com informações dos Jornalistas Livres



No artigo

x