Militantes fazem protesto contra bloqueio no Palácio da Alvorada

Cerca de 150 pessoas participaram de um piquenique em frente à barreira instalada por Michel Temer para restringir o acesso à residência oficial de Dilma; Rio de Janeiro também contou com manifestação contra o impeachment neste domingo (22).

1751 0

Cerca de 150 pessoas participaram de um piquenique em frente à barreira instalada por Michel Temer para restringir o acesso à residência oficial de Dilma; Rio de Janeiro também contou com manifestação contra o impeachment neste domingo (22)

Por Redação

20160520_154633
Foto: Maíra Streit

Cerca de 150 manifestantes caminharam por um percurso de dois quilômetros entre a Concha Acústica e o Palácio da Alvorada, em Brasília, para protestar contra a barreira instalada próximo à residência oficial da presidenta Dilma Rousseff. Antes, o local era liberado para visitantes e turistas, mas, por iniciativa do governo interino de Michel Temer, o acesso está bloqueado.

Agora, para passar para o outro lado, é preciso que a pessoa seja identificada e autorizada pela segurança comandada pelo Palácio do Jaburu, onde vive o peemedebista. A denúncia sobre o bloqueio surgiu do senador Jorge Viana (PT-AC), que afirmou que a presidenta está “sitiada” no Palácio, sob a guarda de militares armados.

O ato deste domingo (22) foi organizado pelo Facebook por iniciativa da jornalista Cynara Menezes. Os participantes realizaram um piquenique coletivo e gritaram palavras de ordem em apoio à presidenta. No Rio de Janeiro, um grupo de 500 pessoas marchou da Candelária até o Palácio Capanema, em um manifesto contra o impeachment de Dilma e as primeiras medidas tomadas pelo governo provisório de Temer.

Foto de capa: Facebook/Vandson Monteiro‎



No artigo

x