Participantes da Marcha para Jesus dizem estar orando pelo Brasil

Mulheres e negros eram maioria dos fiéis que participaram do evento em São Paulo

887 0

Mulheres e negros eram maioria dos fiéis que participaram do evento em São Paulo

Por Beatriz Sanz

A 24ª Marcha para Jesus reuniu, nesta quinta-feira (26), milhares de pessoas, muitas mulheres e negros, em uma caminhada que saiu da Praça da Luz em direção a Praça Heróis da FEB, na Zona Norte de São Paulo. Os presentes vinham de diversas igrejas e de diversas regiões do Brasil, com um total de 5 mil caravanas. Ao fim da marcha, um palco havia sido montado para receber diversos artistas da música gospel.

No que diz respeito à situação política do país, os participantes afirmaram estar orando pelo país e confiantes em uma melhora do quadro atual. Algumas pessoas trajavam camisas da CBF, como nos protestos organizados pela Fiesp.

Luis Fernando da Silva, 46, taxista, falou que acompanha a Marcha desde as suas primeiras edições. “A política está muito bagunçada, eu não acompanho muito a bancada evangélica, mas acho que eles têm uma boa atuação no Congresso”, afirmou.

Já o jovem estudante Henrique Lima, 17, que irá votar nas eleições pela primeira vez neste ano, disse que não se sente representado por personalidades como Eduardo Cunha (PMDB/RJ) e Marco Feliciano (PSC/SP), porém, segundo ele, existem outros parlamentares evangélicos que desenvolvem um bom trabalho como a deputada estadual Marta Costa (PSD/SP). O estudante afirmou ser apoiador do impeachment da presidenta Dilma e contra o governo interino de Temer.

 



No artigo

x