PM mata criança de 10 anos e alega troca de tiros

Menino foi assassinado com um tiro na cabeça após participar de um suposto furto a carro; ouvidoria da polícia investiga as circunstâncias do caso.

1867 1

Menino foi assassinado com um tiro na cabeça após participar de um suposto roubo a carro; ouvidoria da polícia investiga as circunstâncias do caso

Por Redação

Um garoto de 10 anos foi morto pela Polícia Militar, depois de uma suposta troca de tiros. A versão dada pela corporação é de que a criança assassinada e outro menino, de 11 anos, estavam roubando um carro e começaram a atirar quando viram que a viatura se aproximava. O caso aconteceu na noite desta quinta-feira (2), na Vila Andrade, zona sul de São Paulo. Ele morreu com um tiro na cabeça.

O outro menino foi levado para o DHPP (Departamento Estadual de Homícidios e Proteção à Pessoa) para prestar depoimento e solto em seguida, com a presença da mãe. Ele não pode ser encaminhado para a Fundação Casa, pois a instituição só recebe pessoas com mais de 12 anos. A ouvidoria da polícia investiga as circunstâncias do caso.

Foto: Agência Brasil



No artigo

1 comment

  1. Valquíria Responder

    O argumento de defesa dessa nociva instituição éh tão real , quanto minha crença no Papai Noel , Duendes , Mula-se,-cabeça , e poraí vai . . . PM : nosso trofeu éh a sua imediata extinção !


x