Ministro de Temer que questiona programas sociais paga pipoca com dinheiro público

O ministro do Desenvolvimento Social tem como proposta uma auditoria no Bolsa-Família.

1762 0

O ministro do Desenvolvimento Social tem como proposta uma auditoria no Bolsa-Família

Por Redação*

Em uma bela tarde de domingo, Osmar Terra foi ao cinema se distrair. Comprou um combo de pipoca e refrigerante, que foi pago em dinheiro vivo. Este seria um programa normal de fim de semana, não fosse Osmar na época deputado federal que exigiu ressarcimento por essa despesa.

Terra ocupa agora o cargo de ministro do Desenvolvimento Social no governo interino de Michel Temer.

Além da pipoca, o atual ministro ainda pagou rodízio de churrascaria, refrigerante e um mojito, quando era deputado. A nota do drink não mostra se o mesmo continha álcool ou não, mas é proibido que deputados paguem bebidas alcoólicas com verba parlamentar.

Segundo a OPS (Operação de Política Supervisionada), o parlamentar que tem seu mandato pelo Rio Grande do Sul já acumula despesas de R$ 549 mil, a maior parte gasta com passagens aéreas e “atividade parlamentar”.

Osmar Terra é um assíduo defensor de uma auditoria no programa Bolsa-Família e já adiantou que colocará a proposta em pauta na sua gestão como ministro interino.

Foto de Capa: Leonardo Prado/ Agência Câmara

*Com informações do Jornal Destak



No artigo

x