Janot pede prisão de Renan, Sarney e Jucá

Eles são acusados de tentar barrar a operação Lava Jato e foram flagrados falando sobre o assunto em conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado.

679 0

Eles são acusados de tentar barrar a operação Lava Jato e foram flagrados falando sobre o assunto em conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado

Por Redação

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal a prisão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do ex-presidente da República José Sarney (PMDB-AP) e do senador Romero Jucá (PMDB-RR). De acordo com um interlocutor do STF, os pedidos de prisão já estariam com o ministro Teori Zavascki há pelo menos uma semana.

Os três são acusados de tentar barrar a operação Lava Jato, da Polícia Federal, e foram flagrados falando sobre o assunto em conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. Além deste fato, eles ainda teriam recebido, junto a outros políticos do PMDB, o valor de R$ 70 milhões em propina, pagos por Machado durante os doze anos em que esteve à frente da Transpetro.

Janot também pediu o afastamento de Renan da comando do Senado, usando os mesmos argumentos empregados na destituição de Eduardo Cunha (PMDB) da presidência da Câmara e do mandato de deputado. As informações são do jornal O Globo.



No artigo

x