Procuradoria espanhola pede julgamento de Neymar e seu pai por corrupção

A Procuradoria da Audiência Nacional da Espanha pediu que Neymar e seu pai sejam processados por fraude nos pagamentos do fundo que detinha 40% dos direitos federativos do jogador.

938 0

A Procuradoria da Audiência Nacional da Espanha pediu que Neymar e seu pai sejam processados por fraude nos pagamentos do fundo que detinha 40% dos direitos federativos do jogador; se condenado, atleta pode pegar até dois anos de prisão

Por Redação

Autoridades fiscais espanholas querem que o jogador Neymar e seu pai sejam julgados por corrupção. O parecer favorável ao indiciamento é do procurador José Perals e foi entregue ao juiz José de la Mata. A denúncia foi feita pelo fundo brasileiro DIS, que afirma não ter recebido o valor equivalente a sua parte durante a transferência do jogador para o Barcelona, clube em que atua.

O fundo – que administrava os direitos federativos do jogador antes de se transferir para o Barcelona – aponta que a contratação custou cerca de R$83,3 milhões de euros, mas que o valor referente ao percentual repassado foi baseado em R$17,1 milhões, valor que o Barcelona afirmou ter pagado pela contratação de Neymar.

Em nota oficial, Neymar aponta que as pessoas associadas a N&N Consultoria e NR Sports não foram notificadas pela Justiça espanhola. O texto aponta ainda que, em caso de notificação, toda documentação que for requisitada será apresentada; e conclui: “Com relação à acusação, gostaríamos de esclarecer que a participação da DIS nos direitos econômicos do atleta Neymar Jr. referia-se somente ao contrato mantido com o Santos FC, e foi integralmente quitado, tendo a DIS apurado lucro de cerca de 290%”.

Se condenado, o atleta pode pegar de seis meses a dois anos de prisão.

Foto: Rafael Ribeiro/ CBF (18/04/2014)



No artigo

x