Estado Islâmico assume autoria do massacre em Orlando

Nesta segunda-feira (13), o Estado Islâmico assumiu a autoria dos atentados na boate frequentada por público LGBT em Orlando, transmissão foi feita pela rádio Al-Bayan, operada pelo grupo.

884 0

O anúncio sobre a autoria do atentado que deixou 50 mortos foi feito em transmissão da rádio Al-Bayan, operada pelo grupo

Por redação

O maior massacre desde o 11 de setembro nos Estados Unidos foi reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico na manhã dessa segunda-feira (13) em transmissão pela rádio iraquiana Al-Bayan, dirigida pelo grupo.

Ao todo, estão contabilizados 50 mortos e 53 feridos do público da casa noturna frequentada pelo público LGBT, em Orlando, na Florida. Na transmissão, o grupo exaltou o “feito” de Omar Mateen: matar e ferir mais de 100 pessoas antes de ser morto.

Mateen era americano e foi investigado pelo FBI por suspeitas de que pudesse estar vinculado a grupos extremistas. O presidente Barack Obama classificou o ataque como “ato de terrorismo e ódio”.



No artigo

x