Sérgio Machado diz que Temer acertou propina para Chalita

O ex-presidente da Transpetro disse que acertou com o presidente interino um repasse de R$ 1,5 milhão para a campanha do então candidato à prefeitura de São Paulo em 2012, Gabriel Chalita Por Redação...

1909 0

O ex-presidente da Transpetro disse que acertou com o presidente interino um repasse de R$ 1,5 milhão para a campanha do então candidato à prefeitura de São Paulo em 2012, Gabriel Chalita

Por Redação

O ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, disse em sua delação premiada que o presidente provisório Michel Temer o procurou para pedir propina para a campanha do então candidato à Prefeitura de São Paulo em 2012, Gabriel Chalita.

Machado disse que os valores acertados com Temer são de R$ 1,5 milhão em propina que serviria para ajudar Chalita no pleito eleitoral.

“[Machado] Posteriormente conversou com Michel Temer na Base Aérea de Brasília, provavelmente no mês de setembro de 2012, sobre o assunto, havendo Michel Temer pedido recursos para a campanha de Gabriel Chalita. {…] O contexto da conversa deixava claro que o Michel Temer estava ajustando com o depoente era que este solitasse recursos ilicitos das empresas que tinham contratos com a Transpetro na forma de doação oficial para a campanha de Chalita; ambos acertaram o valor, que ficou em R$ 1,5 milhão”, diz o documento.

 



No artigo

x