Integrante de quadrilha suspeita de ter financiado Eduardo Campos é encontrado morto

Paulo Cesar de Barros Morato era foragido da Operação Turbulência; Polícia Federal deverá acompanhar investigações de peritos criminais sobre as causas da morte.

1477 0

Paulo Cesar de Barros Morato era foragido da Operação Turbulência; Polícia Federal deverá acompanhar investigações de peritos criminais sobre as causas da morte

Por Redação

titi
Foto: Reprodução

O empresário Paulo Cesar de Barros Morato foi encontrado morto em um motel de Olinda, Região Metropolitana do Recife, na noite desta quarta-feira (22). Ele era considerado foragido da Operação Turbulência, da Polícia Federal, que investiga uma organização criminosa suspeita de lavagem de dinheiro, que pode ter financiado a campanha política do ex-candidato à presidência Eduardo Campos, falecido em 2014.

De acordo com a assessoria de comunicação da PF, quem vai cuidar da apuração sobre Morato será a Polícia Civil, mas se for constatado que as circunstâncias da morte têm ligação com a operação em andamento, a Polícia Federal poderá entrar para acompanhar o caso. Ainda não se sabe o que levou o empresário a óbito. Ele foi encontrado em cima da cama, junto com os documentos, R$ 3 mil e um relógio avaliado em R$ 10 mil. O corpo não tinha sinais de violência.



No artigo

x