Eduardo Suplicy manda recado para Marta: “Apelo que vote contra este golpe”

Segundo Suplicy, sua ex-mulher tem consciência de que não há motivos que justifiquem o impeachment: "Marta sabe que não tem crime para impedir Dilma, sabe da seriedade da presidente. Não há enriquecimento ilícito. O trabalho, ainda que com erros, visava ao bem do povo".

15283 1

Segundo Suplicy, sua ex-mulher tem consciência de que não há motivos que justifiquem o impeachment: “Marta sabe que não tem crime para impedir Dilma, sabe da seriedade da presidente. Não há enriquecimento ilícito. O trabalho, ainda que com erros, visava ao bem do povo”

Por Redação

O ex-senador Eduardo Suplicy (PT-SP) mandou um recado à ex-mulher, a senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), durante o Festival Internacional da Utopia, realizado nessa semana em Maricá (RJ). Ao falar sobre o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, ele pediu que Marta reflita melhor para se posicionar na votação do Senado.

O Festival reuniu, de 22 a 26 de junho, ativistas brasileiros e internacionais, em programação com debates, shows, acampamento, intervenções, rodas de conversa e oficinas. Em sua fala, Suplicy ressaltou que a peemedebista tem consciência de que não há motivos que justifiquem o impedimento.

“A Marta sabe que não tem crime para impedir Dilma, sabe da seriedade da presidente. Não há enriquecimento ilícito. O trabalho, ainda que com erros, visava ao bem do povo. Quero mandar um recado para Marta: pense com carinho neste voto. Eu apelo a você que vote contra este golpe”, enfatizou.

Fotos: Geraldo Magela/Agência Senado



No artigo

1 comment

  1. MARY LUCY DAL BOSCO CARLETTO Responder

    Jorge Antonio, está mal informado. Que está sendo citado como beneficiário da grana da lava jato é o Temer e não a Dilma. Acorda!


x