Janaína Paschoal recusa segurança dos “amigos de academia” de Frota

O ex-ator de filmes pornográficos havia postado um vídeo em anunciava a formação de um grupo de 70 “faixas-preta” de judô e jiu-jitsu para fazer a segurança da jurista, que vem sendo alvo de...

2374 0

O ex-ator de filmes pornográficos havia postado um vídeo em anunciava a formação de um grupo de 70 “faixas-preta” de judô e jiu-jitsu para fazer a segurança da jurista, que vem sendo alvo de escrachos de manifestantes contra o golpe pelo país. No comunicado, Frota afirma que não vai “levar desaforo para casa” e ainda hostiliza o senador Lindbergh Farias (PT): “Convarde. Não honra o que tem entre as pernas”

Por Redação

A jurista Janaína Paschoal, uma das autoras do pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff que agora tramita no Senado, recusou a oferta de 70 seguranças feita pelo ex-ator pornográfico Alexandre Frota. Em vídeo publicado no Facebook na última sexta-feira (8), Frota afirma que já reuniu um grupo com seus “amigos de academia” para fazer a segurança de Paschoal nos aeroportos, tendo em vista os escrachos que ela vem sofrendo nas últimas semanas.

Reprodução/Facabook
Reprodução/Facabook

“Nós, junto com ela, não vamos levar desaforo para casa”, prometeu o ator.

Neste domingo (3), no entanto, Frota fez outra postagem anunciando que Janaína havia recusado a oferta, afirmando que “não precisa”.

No mesmo vídeo em que oferece ajuda, o ator, que tem tido grande inserção no governo interino, tendo participado até de reuniões com o ministro da Educação, hostiliza o senador Lindbergh Farias (PT), o classificando com um dos responsáveis pelos escrachos à Janaína.

“Covarde. Não honra o que tem entre as pernas”, provocou Frota.



No artigo

x