Lula: “Derrotar o impeachment hoje é mais fácil do que antes”

“Antes você tinha uma Câmara incontrolável. Agora Dilma está dependendo de seis votos, são seis senadores que podem mudar o destino do país, devolvendo a Dilma o mandato popular que o povo deu a...

1448 0

“Antes você tinha uma Câmara incontrolável. Agora Dilma está dependendo de seis votos, são seis senadores que podem mudar o destino do país, devolvendo a Dilma o mandato popular que o povo deu a ela”, disse em entrevista o ex-presidente

Por Redação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira (12) durante uma entrevista para a Rádio Jornal, da cidade de Petrolina (PE), que agora está mais fácil derrotar o impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff no Senado.

Segundo os cálculos de Lula, o impeachment está dependendo de seis senadores. “Antes você tinha uma Câmara incontrolável. Agora Dilma está dependendo de seis votos, são seis senadores que podem mudar o destino do país, devolvendo a Dilma o mandato popular que o povo deu a ela”, disse.

O ex-presidente completou dizendo que “derrotar  o impeachment hoje é mais fácil do que antes”. Mesmo defendendo profundamente o mandato de Dilma, Lula diz que chegou a conversar com a presidenta afastada “dizendo o que eu acho que deve ser feito, mas a gente respeita a pessoa que está no mandato, que diz o que quer e como quer”, desabafou.

Embora faça comentários não tão positivos a gestão de Dilma, Lula disse que as chamadas pautas bomba contribuíram com o aumento do desemprego.

“O país estava bem arrumadinho com uma taxa de desemprego de 4,3%, coisa de primeiro mundo. De repente desandou. Uma mistura de coisas equivocadas na economia, de uma política feita praticamente para tentar evitar que a presidenta governasse, era pauta bomba todo dia dentro da Câmara”, completa.

Foto: Ricardo Stuckert Filho

 



No artigo

x