PT decide apoiar candidato do PMDB para presidência da Câmara

O líder do partido na Câmara, deputado Afonso Florence (BA), disse que a decisão foi tomada por maioria. Segundo ele, 58 petistas declararam voto a favor do apoio a Marcelo Castro (PMDB-PI), ex-ministro de...

1386 1

O líder do partido na Câmara, deputado Afonso Florence (BA), disse que a decisão foi tomada por maioria. Segundo ele, 58 petistas declararam voto a favor do apoio a Marcelo Castro (PMDB-PI), ex-ministro de Dilma e opositor de Michel Temer dentro do partido. “O que é relevante aqui é que Marcelo Castro é contra o golpe e contra a agenda que tira direitos dos trabalhadores e trabalhadoras”, afirmou

Por Redação

O Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu oficialmente apoiar o ex-ministro da Saúde de Dilma Rousseff, deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), nas eleições para a presidência da Câmara desta quarta-feira (13).

A decisão foi comunicada pelo líder do partido na Câmara, deputado Afonso Florence (BA).

“Ele tem compromisso com a autonomia da casa em relação ao Executivo e com a democracia. O que é relevante aqui é que Marcelo Castro é contra o golpe e contra a agenda que tira direitos dos trabalhadores e trabalhadoras”, disse o deputado.

O PT atualmente possui a segunda maior bancada da Câmara dos Deputados. Afonso Florence disse que a decisão foi tomada por maioria. Segundo ele, 58 petistas declararam voto a Castro, sete disseram que não votam no peemedebista e três estão indecisos.

O líder petista diz que a bancada definiu o apoio a Castro depois de ouvir os candidatos Luiza Erundina (PSOL-SP) e Orlando Silva (PCdoB-SP) e, na visão dos petistas, o pemedebista é o que tem mais chances de passar para o segundo turno.

 

Foto de Capa: Agência Câmara



No artigo

1 comment

  1. João Carlos Correia Responder

    E tem gente que ainda acha o PT um partido de esquerda. É a mesma coisa que achar que o Estado Islâmico é incapaz de cometer alguma violência.


x