Após derrotar candidato de Temer, Rodrigo Maia é eleito presidente da Câmara

Aos gritos de "Fora, Cunha", deputado do DEM foi eleito com 285 votos, contra 170 de Rogério Rosso (PSD-DF).

885 0

Aos gritos de “Fora, Cunha”, deputado do DEM foi eleito com 285 votos, contra 170 de Rogério Rosso (PSD-DF)

Por Redação

Após a renúncia de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito com 285 votos presidente da Câmara dos Deputados, contra 170 votos de Rogério Rosso (PSD-DF). O chamado mandato “tampão” tem validade até fevereiro do ano que vem. Com a divulgação do resultado, alguns parlamentares chegaram a gritar “Fora, Cunha!”, em referência ao fato de Rosso ser apoiado pelo peemedebista.

A diferença de 115 votos entre os candidatos se deve ao apoio recebido por Maia não apenas das bancadas do PSDB, do DEM, do PPS e do PSB, que já haviam anunciado a opção por seu nome, mas também, no segundo turno, de deputados do PT, PCdoB e PDT. O Partido dos Trabalhadores fez um debate para decidir sua posição na eleição e optou por liberar os parlamentares para votar como quisessem.

Maia foi eleito prometendo apostar no “diálogo”. Ele já foi líder da bancada do DEM na Casa por dois anos e está no seu segundo mandato. “Quando a Câmara é atacada ou mal defendida, é cada um dos nossos mandatos que atacam”, discursou. “Sei que estou pronto para navegar nessa tormenta, que passará”.

Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados



No artigo

x