Em Washington, Moro diz que não recebeu casos sobre PSDB na Lava Jato

Durante palestra nos Estados Unidos, juiz falou sobre a ausência do PSDB nas investigações e rebateu críticas sobre o excesso de acordos de delação premiada na operação.

7410 0

Durante palestra nos Estados Unidos, juiz falou sobre a ausência do PSDB nas investigações e rebateu críticas sobre o excesso de acordos de delação premiada na operação

Por Redação*

Durante uma palestra no Wilson Center, em Washington, o juiz Sérgio Moro afirmou que não julgou casos relacionados ao PSDB na Operação Lava Jato porque as investigações sobre o partido não chegaram até ele.

Segundo o magistrado, isso se deve ao fato de que a legenda permaneceu na oposição desde 2003, e que as irregularidades estariam ligadas à administração da estatal Petrobras.

No entanto, o juiz tem sido alvo de duras críticas. Ele é frequentemente acusado de não ter isenção política e de utilizar de arbitrariedades no exercício da função.

Sobre o excesso de acordos de delação premiada na operação, Moro alegou que esse não é o único meio utilizado para obter informações. “O caso envolve o uso de muitos outros métodos”, justificou.

* Com Valor Econômico
Foto de capa: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil



No artigo

x