Meninos também podem: Fotógrafa cria série contra o preconceito de gênero na infância

Kirsten McGoey incentiva garotos a praticarem seus hobbies prediletos sem medo de julgamentos.

16144 0

Kirsten McGoey incentiva garotos a praticarem seus hobbies prediletos sem medo de julgamentos

Por Redação

A série de fotografias “A boy can too” (“Um menino também pode”, em tradução livre), surgiu quando a fotógrafa Kirsten McGoey resolveu incentivar seu filho do meio a praticar dança, atividade que o garoto adorava, mas que era considerada “coisa de menina”.

“Não consigo nem entender como associam essas coisas, mas sei que esse projeto precisa se esforçar para convencer as pessoas que ainda se prendem a esse ponto de vista”, disse.

Além de fotografar seu filho, ela decidiu ir atrás de outros meninos. Junto com as imagens, Kirsten faz uma entrevista. Ela descobriu, por meio dessas conversas, que meninos mais velhos têm tendências a abandonar seus hobbies por conta do julgamento das outras pessoas.

boy4boy3boy2boy1Foto de Capa: Kirsten McGoey



No artigo

x