Esposa de Donald Trump é acusada de plagiar discurso de Michelle Obama

Discurso da modelo eslovena Melania Trump, na Convenção Nacional do Partido Republicano ontem (18), teve frases praticamente idênticas às ditas por Michelle em 2008.

983 0

Discurso da modelo eslovena Melania Trump, na Convenção Nacional do Partido Republicano ontem (18), teve frases praticamente idênticas às ditas por Michelle em 2008

Por Redação

A esposa de Donald Trump, Melania, é acusada de plagiar o discurso de Michelle Obama, feito na convenção dos Democratas de 2008, quando houve a oficialização do nome de Barack Obama como candidato à presidência dos Estados Unidos. Alguns trechos da fala de Melania na Convenção Nacional do Partido Republicano ontem (18) chamaram a atenção pela semelhança entre os textos.

Na ocasião, a modelo eslovena, naturalizada norte-americana, relembrou um pouco sobre a sua infância. “Desde muito jovem, meus pais me inculcaram os valores de que se trabalha duro pelo se que quer na vida, que sua palavra é sagrada e que se deve cumprir o que promete, de que se trata as pessoas com respeito”, disse a mulher do magnata e provável candidato republicano à Casa Branca.

Em 2008, Michelle disse: “Barack e eu fomos educados com valores muito similares: trabalhar duro pelo que se quer na vida, que sua palavra é sagrada e que se cumpre o que promete, que se deve tratar as pessoas com dignidade e respeito”.

Em outra parte, Melania destacou as virtudes de seu pai: “sua integridade, compaixão e inteligência se refletem hoje em mim e em meu amor pela minha família e por este país”. Algo muito parecido do que foi ressaltado por Michelle, quando falou sobre a “integridade, compaixão e inteligência” de sua mãe.

Outra frase praticamente idêntica entre as duas se deu quando Melania abordou a importância de passar bons valores aos mais jovens, para que “as crianças neste país saibam que o único limite a suas conquistas é a força de seus sonhos e o quão estejam dispostos a trabalhar por eles”.

No Twitter, Trump elogiou a esposa e disse estar “orgulhoso” de sua apresentação. Ao mesmo tempo, boa parte dos veículos de comunicação já alertava para as similaridades entre os discursos. A CNN, por exemplo, a acusou diretamente de plágio.



No artigo

x