“Diferença de 3% para 62% em relação ao que quer a população não é trivial”, diz Dilma sobre Datafolha

Presidenta afastada se manifestou nas redes sociais sobre a manipulação de dados a respeito da preferência dos brasileiros por novas eleições.

2083 0

Presidenta afastada se manifestou nas redes sociais sobre a manipulação de dados a respeito da preferência dos brasileiros por novas eleições

Por Redação

A presidenta afastada Dilma Rousseff comentou ontem (21), em seu perfil no Twitter, sobre a pesquisa divulgada pela Folha de S. Paulo no último domingo (17). O veículo foi acusado por jornalistas de manipular o resultado para beneficiar o presidente interino Michel Temer.

A princípio, o levantamento havia afirmado que apenas 3% dos entrevistados apoiavam novas eleições no país. Porém, depois da repercussão em torno da denúncia contra o jornal, a Folha corrigiu a informação e declarou que, na verdade, 62% das pessoas ouvidas optaram por antecipar o pleito.

Dilma chamou a atenção para o fato na rede social e enfatizou que uma diferença como essa nos dois resultados “não é trivial”.

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR



No artigo

x