Feliciano fala pela primeira vez sobre acusação de estupro

Em vídeo gravado ao lado da esposa, Edileusa, deputado nega qualquer envolvimento com o caso e se diz vítima de perseguição.

2626 0

Em vídeo gravado ao lado da esposa, Edileusa, deputado nega qualquer envolvimento com o caso e se diz vítima de perseguição

Por Redação

O deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) divulgou ontem (6) um vídeo em que comenta a acusação de estupro feita contra ele pela estudante Patrícia Lélis. A denúncia foi publicada pela coluna Esplanada, do UOL, e teve ampla repercussão em todo o país depois que a jovem de 22 anos contou ter sido abusada e agredida no apartamento funcional do político, em Brasília.

Em um áudio divulgado na internet, ela conversa com um homem que seria o chefe de gabinete de Feliciano, Talma Bauer, e dá detalhes sobre a violência que teria sofrido. Na última sexta-feira (3), a mulher, que é militante do PSC, foi ao 3° Distrito Policial e registrou um boletim de ocorrência em que relata ter sido ameaçada por Talma, com o uso de uma arma, para desmentir sua versão sobre o fato.

O assessor foi detido e teve que prestar depoimento à polícia. Ao se manifestar pela primeira vez sobre o assunto, Feliciano aparece ao lado da esposa, Edileusa, e alega estar sendo vítima de “falsa comunicação” de um crime. “Quero dizer que embora esteja com o coração machucado, com minha família toda sofrendo, não vou julgar essa moça. Espero que Deus perdoe ela (sic)”, disse.

Confira o vídeo.



No artigo

x