Bernie Sanders pede aos EUA que tomem partido contra o golpe

Em texto publicado em seu site oficial, o democrata criticou o governo interino pelo retrocesso na área de direitos humanos e prestou solidariedade à presidenta afastada Dilma Rousseff.

2690 0

Em texto publicado em seu site oficial, democrata criticou o governo interino pelo retrocesso na área de direitos humanos e prestou solidariedade à presidenta afastada Dilma Rousseff

Por Redação

Em texto publicado em seu site oficial na segunda-feira (8), o democrata Bernie Sanders declarou apoio à presidenta afastada Dilma Rouseff por considerar que o processo de impeachment tem características de um golpe de Estado.

Ele afirmou que o governo interino de Michel Temer é composto apenas por homens brancos e criticou a extinção das secretarias de Igualdade Racial, Direitos Humanos e de Política para as Mulheres.

Sander disse ainda que Temer, por meio de sua “administração não eleita”, convocou planos da extrema direita, como privatizações e a imposição de austeridade.

Para ele, tirar Dilma de sua posição legítima é um esforço político e a ausência de posicionamento dos Estados Unidos quanto ao caso abandonaria à própria sorte as instituições democráticas de um país aliado.

Desde o afastamento da petista, a Casa Branca tem mantido distância de comentários acerca da situação brasileira.

Foto: Gage Skidmore



No artigo

x