Dilma se defenderá pessoalmente no julgamento de impeachment

A informação de que a presidenta decidiu comparecer ao Senado no dia do julgamento final para fazer sua defesa foi confirmada nesta tarde por sua assessoria  Por Redação*...

1828 0

A informação de que a presidenta decidiu comparecer ao Senado no dia do julgamento final para fazer sua defesa foi confirmada nesta tarde por sua assessoria 

Por Redação*

Surpreendendo seus adversários políticos, a presidenta eleita Dilma Rousseff decidiu fazer sua defesa pessoalmente no Senado no dia do julgamento do processo de impeachment. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da presidenta na tarde desta quarta-feira (17).

De acordo com seus assessores, Dilma aguarda apenas que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministro Ricardo Lewandowski, definam a data do julgamento final. Este último será o responsável por presidir as sessões em que será definido o futuro de Dilma.

Nesta terça-feira (16), Dilma divulgou uma carta ao Senado e ao povo brasileiro em que reafirma sua inocência, chama o processo de golpe e sugere plebiscito para novas eleições e reforma política como saídas para a crise instaurada no país.

*Com informações da Agência Brasil

 



No artigo

x