Plataforma vai fiscalizar propostas de mobilidade nas eleições de 2016 em São Paulo

O site mobilidadeativa.org.br vai trazer um ranking atualizado semanalmente dos candidatos à Prefeitura de acordo com os posicionamentos dos políticos sobre uma proposta alternativa de mobilidade urbana para a cidade de São Paulo Por Redação...

1696 0

O site mobilidadeativa.org.br vai trazer um ranking atualizado semanalmente dos candidatos à Prefeitura de acordo com os posicionamentos dos políticos sobre uma proposta alternativa de mobilidade urbana para a cidade de São Paulo

Por Redação

Os coletivos Ciclocidade e Cidadeapé lançaram, nesta quinta-feira (18), a plataforma “Mobilidade Ativa”, que vai fiscalizar e monitorar os posicionamentos sobre mobilidade dos candidatos a prefeito e vereadores da cidade de São Paulo nas eleições de 2016.

O site pode ser acessado através do link mobilidadeativa.org.br e vai trazer um ranking atualizado semanalmente dos candidatos à Prefeitura de acordo com os posicionamento dos políticos em debates, entrevistas, redes sociais, propaganda eleitoral, programa de governo, etc. Ana Carolina Nunes, voluntária do Cidadeapé, disse que o objetivo da plataforma é garantir os compromissos que os candidatos assumem durante a campanha.

“Para melhorar a qualidade do debate, aprofundar os compromissos e garantir avanços pensamos em uma plataforma e o objetivo da plataforma é monitorar os posicionamentos, as propostas e os compromissos que os candidatos estabelecem durante a campanha”, disse.

Para ganhar pontos os candidatos terão que se comprometer com propostas que estão dentro do Plano Nacional de Mobilidades ou que tenham sido votadas como prioritárias por internautas no site da Ciclocidade. O político pode perder pontos se apresentar propostas que representem perda dos direitos conquistados ou uma piora da situação atual.

“A gente vai fazer alguns encontros, a gente já fez encontros prévios com as campanhas. Nós sentamos com as coordenações de programas de governo para mostrar nossa agenda para que eles incorporassem no seu programa de governo desde o início”, disse Daniel Guth, um dos membros do Ciclocidade.

Além dos candidatos ao cargo no Executivo, a plataforma também vai ter um espaço para os políticos que disputarem uma vaga na Câmara Municipal. O movimento disponibiliza uma “carta de compromissos” com 11 propostas que pode ser assinada por qualquer candidato a vereador que quiser se comprometer em atuar a favor da Plataforma de Mobilidade Ativa. Até o momento, nove candidatos já haviam assinado o documento.



No artigo

x